Experiências terapêuticas com cães: a terapia assistida por animais

novembro 10
No comments yet

A chegada do Noah mudou a minha rotina, a dinâmica da casa e o modo como enxergo o mundo e a vida.

É bastante comum encontrarmos nas redes sociais vídeos e relatos sobre a chegada de um cão nas vidas das pessoas. Geralmente, esse é um momento de muita alegria, ainda que o período vivido seja marcado por diversas dificuldades.  Aqui em casa também foi assim: o Noah chegou em um período muito difícil, de desgaste emocional, incertezas e medo. Minha mãe havia deixado o hospital após um longo período de internação e tudo aquilo me afetou muito. Eu havia perdido o interesse por coisas que antes me interessavam, estava desanimada, triste e quase não saía de casa.

A chegada do Noah mudou isso. Mudou a minha rotina, a dinâmica da casa e o modo como enxergo o mundo e a vida. A companhia dele foi fundamental para a superação de vários momentos difíceis vividos por nossa família, e ainda é, pois o tratamento de saúde da minha mãe continua.

E nós já percebemos como a relação entre ele e a minha mãe é diferente e especial. Apesar da agitação e dos movimentos brutos – tão próprios do meu pet –, perto da “vovó” ele é bastante cuidadoso e delicado. Pra ela, o Noah oferece o rebolado mais alegre, o olhar mais doce e o chamego mais carinhoso. Ela, por sua vez, reconhece que a presença dele nos dias seguintes à sessão de quimioterapia torna o tratamento um pouco mais leve.

Esse é o Noah :-)

Esse é o Noah 🙂

Os benefícios de se ter um cão são muitos e conhecidos: por eles e com eles passeamos mais, nos tornamos mais ativos, conhecemos lugares e pessoas, interagimos com outros tutores e pets, ampliamos o círculo de amizades, estudamos, pesquisamos, etc.

E o interesse nos benefícios terapêuticos produzidos pela relação homem-animal é antigo. Na área da saúde, os registros sobre a utilização de animais em tratamentos datam de 1860. Os cães – por despertarem a afeição das pessoas, responderem positivamente ao toque e serem mais facilmente adestrados – são os animais mais utilizados nos processos de cuidado que visam à reabilitação física, mental e emocional de crianças, adultos e idosos. Essa atividade é denominada Terapia Assistida por Cães – TAC (MOREIRA et al., 2016).

Estudos apontam que introduzir cães nos tratamentos de saúde contribui para o aumento da autoestima, do autocuidado, da concentração de endorfinas e melhora a interação social. Ainda, diminui a concentração de cortisol e os sintomas de ansiedade dos pacientes (MOREIRA et al., 2016).

As terapias com os cães objetivam a inserção do animal na vida de pacientes em tratamento para que ele se torne parte do processo de cura e melhora dos quadros de saúde dos assistidos (INATAA).

Caes terapeutas_2

Fonte: Cão Vida

Caes terapeutas

No Brasil e no mundo há várias organizações que desenvolvem atividades assistidas por animais. Mas para que um cão se torne terapeuta há alguns requisitos: é necessário que ele esteja saudável, seja sociável e passe por um adestramento específico (INATAA; INSTITUTO CÃO TERAPEUTA).

Noah não é um cão terapeuta habilitado, mas como todo cão, transborda amor. E por isso consideramos terapêutica a interação entre ele e minha mãe e cotidianamente vivenciamos os benefícios dela.

Se você quiser mais informações sobre Terapia Assistida com Cães (TAC) e Atividades Assistidas por Animais (AAA), vale a pena visitar os sites do INATAA e do Instituto Cão Terapeuta, além de conhecer as histórias dos cães Smiley (@smileytheblindtherapydog) e Chichi (@chichirescuedog).

Abraços!

 

REFERÊNCIAS

MOREIRA, R. L.; GUBERT, F. A.; SABINO, L. L. M.; BENEVIDES, J. L.; TOMÉ, M. A. B. G.; MARTINS, M. C.; BRITO, M. A. Terapia Assistida com cães em pediatria oncológica: percepção de pais e enfermeiros. Rev. Bras. Enferm., vol. 69, n. 6, p. 1122-1128, 2016.
MISSÃO e visão. Instituto Cão Terapeuta. Disponível em . Acesso em 06 nov. 2017.

TAA. INATAA – terapia com cães. Disponível em . Acesso em 06 nov. 2017.

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *