5 Dicas para Seu Cão Não Sofrer com o Calor do Verão

outubro 25
No comments yet

Nesta época de calor, é importante observarmos a rotina do nosso cão. Ajustar horários de passeios e alimentação pode ser uma ótima pedida.

Aqui em casa já observei que o calor trouxe algumas mudanças de comportamento: Oliver, meu golden retriever, tem enrolado um pouco pra comer. Um passeio simples pelo quarteirão já o cansa. Tem bebido mais água do que o normal. Anda dormindo no banheiro ou no canto mais gelado da cozinha. Tudo isso é normal, resultado do calor que eles sentem (imagina, com aquele monte de pelos).

Porém, há algumas coisas que podemos fazer para melhorar ou mesmo ajudá-los a passar mais tranquilos por esta estação. Veja algumas dicas para seu cão não sofrer com o calor no verão:

  1. Faça gelinhos de frutas. Lá em casa, o gelo comum já faz muito sucesso. Mas, para variar, você pode fazer um suco de melão, por exemplo, e colocar nas formas de gelo. Sem açúcar, é claro. Em dias quentes, ofereça ao seu cão. Ele vai amar e se refrescar!
  2. Procure passear em horários onde o calor está mais ameno. Evite o período entre 10h e 16h, onde além do sol intenso, o chão está muito quente. As patinhas do seu cão podem acabar machucadas pelo passeio em chão quente. Sabe o que podemos fazer? Colocar o nosso pé ou a parte de cima da mão no chão por 15 segundos. Se você não conseguir ficar por esse período com a pele encostada no chão, então seu cãozinho não pode andar nele.
  3. Se você oferece a ração/alimentação duas vezes ao dia, procure escolher um horário no início da manhã e um horário à noite, pois o seu pet ficará mais confortável para se alimentar. São muitos os casos de cães que passam a ignorar a comida nesta época. Isso porque, ao metabolizar a comida, o corpo já aquece naturalmente. Assim, o cão tende a postergar a alimentação para um momento mais fresco.
  4. Permita que seu cão fique em áreas mais frescas da casa, com acesso a ventilador, se possível. Mas cuidado para não manter aparelhos ligados na energia enquanto não estiver em casa.
  5. Existe um tapete gelado,  super legal, que ajuda a refrescar o cão. Ele não precisa ser colocado na geladeira, nem ligado na energia. Ele é feito de gel e fica geladinho quando o cão deita. É uma boa opção! Você encontra deste tapete aqui.tapete-gelado-calor

 Antes de encerrar, lembrei de uma coisa super importante: no verão, o índice de infestação por carrapatos aumenta bastante, em especial em regiões mais úmidas. Por isso, não esqueça de proteger o seu cãozinho. Há muitas opções! Caso queira saber mais sobre, leia o meu post sobre como proteger seu cachorro de pulgas e carrapatos aqui no blog.

Um abraço!

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *